Ações do último quadrimestre de 2017 são apresentadas pelo Observatório Social de Rio do Sul

Com o intuito de demonstrar o trabalho realizado pelo Observatório Social de Rio do Sul entre os meses de setembro a dezembro, foi realizado na quarta-feira, dia 13 de dezembro, a última prestação de contas de 2017. O evento ocorreu na sede da OAB – Subseção de Rio do Sul e reuniu mais de 50 pessoas, entre representantes de entidades, poder público, vereadores e comunidade.
O vice-presidente para Assuntos de Produtos e Metodologia, Eder Nardelli, apresentou o que é o OS Rio do Sul, como são realizados os trabalhos e quem participa. Também explicou que o relatório das atividades é apresentado sempre na prestação de contas quadrimestral e frisou que a entidade não trabalha com denuncismo, pois o foco é a gestão e não o prefeito. Além disso, o observatório traz como vantagens a prevenção, o monitoramento e a conscientização para o bom uso do dinheiro público.
Em seguida, o coordenador do Grupo de Trabalho (GT) de Infraestrutura do OS, Willian Eduardo Niquelatti, apresentou o resultado da parceria com a Uniasselvi, em que estudantes de Engenharia Civil fizeram vistorias em Centros de Educação Infantil, Postos de Saúde, CRAS e Elevado José Thomé. Para complementar a apresentação, o estudante Andreas Noerenberg falou das análises feitas na Ponte Dom Tito Buss. Para todos os locais visitados foram elencadas formas de resolver os problemas. Entre as irregularidades encontradas nas visitas, chamou a atenção o fato de obras novas estarem com os mesmos problemas das construções mais antigas. “Ressaltamos a importância da fiscalização dessas obras, para que esses problemas não voltem a ocorrer”, disse o presidente do OS Rio do Sul, Jean Sandro Pedroso. Pedroso apresentou outras ações que a entidade tem realizado como a participação em conselhos municipais, reuniões em universidades e o projeto “De olho na Câmara”, que mostrou um comparativo entre os meses de setembro a dezembro com o quadrimestre anterior. Foi constatado que

houve diminuição no número de indicações e aumentaram as ações fiscalizatórias. “Nós parabenizamos os vereadores por isso e esperamos cada vez mais esse trabalho de fiscalização”, comentou o presidente do OS.
Outros dados apresentados foram sobre as compras públicas. Segundo levantamento do OS, dos R$ 34 milhões em compras feitas pelo município neste ano, apenas R$ 8 milhões foram gastos em Rio do Sul. O restante, mais de R$ 22 milhões, foram para fornecedores de outras cidades. “É um recurso que poderia ser aplicado aqui e feito girar a economia da cidade”, concluiu Pedroso.
O evento terminou com entrega de certificados para voluntários, mantenedores e diretores do OS Rio do Sul, em homenagem ao esforço para manter as atividades da instituição.
Para conhecer mais sobre o OS Rio do Sul acesse: www.osriodosul.com.br

Categories: Notícias

Deixe uma resposta


Mantenedores


Sobre


Somos uma associação civil, sem fins lucrativos, apartidária, fundada em 25 de agosto de 2014 e mantida pelos próprios cidadãos, especialmente pela Sociedade Civil Organizada. É uma ferramenta eficiente de controle social e monitoramento dos gastos públicos municipais. Está vinculado ao Observatório Social do Brasil (OSB).

Endereço


Rua Coelho Neto, 191, Sala 208, Centro
CEP 89.160-155 – Rio do Sul – Santa Catarina
Telefone: (47) 3300 0418
E-mail: riodosul@osbrasil.org.br

Mapa